An island cluster

O conceito inovador do cluster de ilhas "The Triangle”, no arquipélago dos Açores, situado meio caminho entre o Velho e o Novo Mundo, representa uma experiência atlântica única: pelo preço de apenas uma passagem aérea é possível visitar três ilhas! Fayal, Pico e São Jorge desfrutam de proximidade geográfica e ligações marítimas diárias. Um bilhete = 3 ilhas! www.fontetravel.com

segunda-feira, 16 de março de 2015

Novo modelo de transportes aéreos nos Açores - parte 3


Os horários e número de vôos para o Pico foram o "bico de rocha" da terceira parte da sessão. As  inúmeras questões e propostas da assembleia não obtiveram da parte do Secretário Regional do Turismo e Transportes respostas claras e/ou conclusivas. Acabando o mesmo por reiterar que "nenhuma gateway verá o seu número de vôos crescer à custa de outra".

Os presentes manifestaram desagrado e incompreensão perante esta posição de Vítor Fraga, argumentando que com este novo modelo a gateway do Pico está condenada à partida, viciadas que estão as regras de mercado antes sequer de se iniciar a concorrência entre gateways.

Uma grande percentagem dos passageiros continuarão a viajar via Fayal (onde os horários de partida/chegada permitem chegar a Lisboa durante a tarde e apanhar vôos de ligação de/para a Europa, as viagens são de menor duração - sem paragens - e haverá mais frequências), engrossando as estatísticas e justificando a importância do aeroporto da Horta. 

Noutro cenário, dada as suas óptimas condições infra-estruturais e técnicas, a sua posição central e a  possibilidade de expansão, o Aeroporto da Ilha do Pico poderia desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento das ilhas do Triângulo (Fayal, Pico e São Jorge), servindo de plataforma de entrada, saída e distribuição de passageiros. 

Que estudo/parecer presidiu a decisão de manter apenas 2 vôos para o Pico/Lisboa, com paragem na Terceira?

New model of air transport in the Azores - Part 2


The schedule and the number of flights to Pico were the third part of the session "bico de rocha" (main issue). All the Regional Secretary of Tourism and Transport answers were unclear and inconclusive to the audience questions and proposals. The politician ended reiterating that "no gateway will see its number of flights grow over another."

The audience expressed displeasure and incomprehension with Vítor Fraga point of view, arguing that with this new air transport model the Pico gateway is doomed and the market rules are corrupted before even starting the competition between gateways.

A large percentage of passengers will continue traveling through Fayal (where the departure / arrival schedules allow them to land at Lisbon in the afternoon, reaching connecting flights to/from Europe, the trips are shorter - non-stop - and there will be more frequencies), cheating the statistics and giving extra importance to Horta airport.

In a different scenario, Pico airport with its excellent infrastructure and technical conditions, central position and the possibility of expansion, could play a key role in the Triangle Islands (Fayal, Pico and Sao Jorge) development, as a arrivals/departures and distribution platform.

What study supported the decision of keeping only 2 flights from Pico to Lisbon, stopping at Terceira Island?

Sem comentários:

Publicar um comentário